O e-mail retargeting é uma estratégia fundamental para as campanhas de marketing digital. Para torná-las ainda mais efetivas, uma boa dica é utilizar gatilhos mentais.

Usando gatilhos mentais

A arte de persuadir é imprescindível para o ramo do marketing digital, afinal, é preciso convencer alguém de que determinado produto ou serviço vale a pena. É nesse contexto que surgem os gatilhos mentais, que nada mais são do que técnicas que usam de táticas psicológicas e comportamentais para influenciar o cliente. No e-mail retargeting, essas técnicas podem ser utilizadas para persuadir o cliente, por exemplo, a efetuar uma compra em seu site, estimulando a conversão.

A seguir, vamos selecionar três desses gatilhos mentais que podem ser usados em sua estratégia de e-mail retargeting para obter melhores resultados.

1. Escassez

O senso de urgência tem um poder muito grande sobre o consumidor, que geralmente, se sente impelido a adquirir um produto ou serviço quando percebe que está perdendo alguma grande oportunidade, e que aquela é a última chance de efetuar a compra.

Há, inclusive, uma pequena classificação em termos de escassez em quatro tipos específicos: de tempo (“Amanhã é o último dia…”), de estoque (“Só restam 10 unidades…”), de bônus (“Essa promoção vai até o dia…”), e de vagas (“Só existem 50 vagas, e nada mais.”).

Esse é o tipo de gatilho que estimula alguém a tomar uma decisão que, provavelmente, ela tomaria somente tempos depois se não fosse o “empurrãozinho”.

2. Prova Social

O argumento da prova social se baseia na ideia de que, ao perceber que outras pessoas estão consumindo, aproveitando ou recomendando algo, aquilo deve ser bom. Trata-se de um fenômeno psicológico em que as pessoas assumem as ações dos outros como corretas, imitando-as. Ou seja, se um produto está sendo muito comentado ou é um sucesso de vendas, os clientes terão curiosidade em experimentá-lo também.

A prova social é, sem dúvida, um fortíssimo fator de influência: mostrar ao consumidor que um produto está sendo usado e apreciado por outras pessoas. Isso pode ser feito de diversas maneiras para estimular conversões, inclusive no e-mail retargeting: ao usar no texto do e-mail, por exemplo, uma prova social com estatísticas, ou mesmo informações como “esse é o produto mais vendido no nosso site”, você convence ainda mais o usuário de que vale a pena concluir a compra.

Somos seres sociais, e, por isso, tendemos a concordar com a maioria, e é por isso que esse gatilho mental é tão eficaz. Por isso, incluir esse gatilho em suas campanhas de e-mail retargeting pode ser o caminho perfeito para se obter sucesso e mais vendas.

3. Reciprocidade

O gatilho mental da reciprocidade está relacionado à convenção social de que devemos retribuir quando algo nos é oferecido. Isso acontece também no marketing digital: em geral, oferecer aos seus clientes um material gratuito é uma ótima forma de conquistá-lo e de capturar leads. Esse material pode ser um cupom, um e-book sobre assuntos relacionados ao seu negócio, um desconto para a próxima compra, um brinde… o que importa é que isso seja percebido como um benefício pelo usuário. Ao oferecer algo em sua campanha de e-mail retargeting, a chance de conversão é muito maior porque, mesmo inconscientemente, o seu cliente se sentirá “em débito” com sua empresa e estará mais compelido a efetuar uma compra.

Expressões que não podem faltar nesse tipo de gatilho: “grátis”, “gratuitamente”,  “inteiramente grátis”, entre outras.

Quer saber mais sobre a ferramenta de e-mail retargeting mais sofisticada e eficiente do mercado? Então conheça o ShopTarget e descubra o que podemos fazer para melhorar as suas campanhas!