Estar sempre em evidência na internet não é tarefa das mais simples. Ao contrário: o trabalho, muitas vezes, é árduo, constante e intenso, pois, atrair “clientes” (que tanto podem ser compradores do seu produto, quanto leitores do seu conteúdo), e mantê-los, e além de fazer com que indiquem o seu produto ou serviço é sempre um grande desafio.

No caso do E-Commerce, então, cujo resultado positivo depende diretamente da compra do consumidor, e, pra que isso ocorra, este tem que ser “atraído” até o produto, a situação é ainda mais desafiadora. Principalmente porque é muito comum o cliente colocar alguns produtos no carrinho, e depois, desistir da  compra.

Muitos podem não saber mas esse é um fator que preocupa muito as lojas virtuais. As estatísticas estão aí para provar isso. Uma pesquisa realizada pela VWO E-commerce em 2016 constatou que o abandono de produtos no “carrinho” é um dos grandes problemas do varejo online. Para ter uma noção mais exata disso, a taxa de abandono varia entre 60 a 80%, a depender do segmento.

Os motivos que levam um cliente a abandonar produtos no mercado virtual podem ser vários, porém, segundo essa mesma pesquisa, cerca de 70% desses clientes têm grandes chances de retornarem através de algo que vem ganhando bastante espaço nos últimos tempos, e que se chama marketing de performance. E uma das estratégias dentre dessa modalidade de marketing é denominada retargeting, que consiste, simplesmente, em “reverter” a situação de uma venda supostamente perdida.

E, qual a grande pista para reverter isso? Mais uma vez, a resposta se encontra nas estatísticas: cerca de 58% dos clientes afirmaram que comprariam um produto que abandonaram no “carrinho” tempos atrás, mas, com uma condição – caso recebessem alguma espécie de cupom de desconto por e-mail da loja que vende esse mesmo produto, ou apenas que eles fossem avisados de que o produto abaixou de preço, está com valor promocional e por aí vai.

E, é numa situação que entra o chamado ShopTarget. Este, por sua vez, é uma plataforma focada eminentemente em retenção, reengajamento e recaptura de usuários por meio de retargeting. Segundo dados, o ShopTarget pode converter até 5x mais do que o padrão.

A grande diferença entre ele e outras plataformas é que o usuário, aqui, não necessita estar conectado ao site. Isso porque a plataforma utiliza Cookies + Big Data para identificar os e-mails de até 22% dos usuários que navegam pelo site. Mesmo que esses usuários não tenham efetuado login ou fornecido qualquer outra informação extra, eles serão identificados.

Com o ShopTargeta comunicação entre os usuários e as lojas virtuais é personalizada, fazendo assim com que o cliente se sinta atraído a voltar para o site e, com isso, finalizar a sua compra.

As possibilidades para o uso da ferramenta são inúmeras, desde avisar o usuário da redução de valor do produto que ele escolheu anteriormente, até a utilização de cross-selling, ou seja, a sugestão de um produto similar aquele que ele quis comprar. Essa é uma estratégia muito eficaz, capaz de gerar uma enorme conversão e resultados muito positivos para as lojas virtuais.