Com a tecnologia atual, nem tudo é preciso ser feito manualmente. Ao contrário, com as ferramentas de que dispomos hoje, é possível coletar e armazenar dados com facilidade, e usar essas informações para melhorar o relacionamento com o cliente e aumentar a conversão. 

Nesse post, vamos sugerir sete jeitos de fazer os dados trabalharem por você

1- Foco no CRM! Descubra tudo o que os clientes querem, fazendo pesquisas, pedindo feedbacks e reunindo todas as informações. Você pode utilizar um bom software de CRM para ajudar a segmentar e qualificar os leads e, assim, dar um up em sua estratégia de relacionamento. Esse tipo de sistema é capaz de automatizar ações e gerar relatórios, fazendo com que os dados coletados sobre os clientes trabalhem para você, tornando o processo muito mais produtivo. 

2- Utilize o e-mail retargeting para reter, reimpactar e trazer os clientes de volta ao seu site. Através de Cookie Pool e Big Data, o ShopTarget consegue identificar até 35% do tráfego desconhecido do site, mesmo que esse público não tenha feito login, e utilizar esses dados para elaborar uma estratégia eficaz para aumentar a conversão. Com ele, é muito simples automatizar e personalizar sua estratégia de e-mail retargeting. 

3- Se baseie no comportamento de compra e navegação de seu cliente para vender mais. Com o uso de cookies, é possível identificar os produtos visualizados e pesquisados enquanto o cliente visitava seu site. Utilize essas informações a seu favor! Quando houver uma redução de preços em um dos itens visualizados, use as notificações push para fazer esse comunicado ao seu cliente. 

4- Faça up-selling e cross-selling com base nos produtos visitados, oferecendo itens complementares ou produtos mais caros, seja por e-mail ou mesmo com um banner overlay. Isso vai aumentar seu ticket médio, e é muito fácil de fazer utilizando as soluções da Shopback

5- Faça com que os dados cheguem até você. O próprio Google Analytics e algumas outras ferramentas de análise e mensuração já possibilitam a configuração de envios de relatórios para o seu e-mail automaticamente. Basta escolher o tipo de relatório e a periodicidade. É muito mais prático do que ter que logar na ferramenta toda vez que precisar de um número específico, não é mesmo? 

6- Automatize o que puder ser automatizado. Nesse post, falamos sobre a inteligência artificial utilizada no filme Blade Runner e o que isso tem a ver com automação de marketing. De fato, automatizar tarefas já é algo acessível, simples, e extremamente útil para otimizar os seus negócios. 

7- Crie segmentos personalizados. Vamos supor que você queira criar um segmento especifico de usuários que visitaram um determinado item e, a partir disso, enviar um e-mail a todos esses usuários dez minutos após a visita, criando um canal de comunicação e estimulando a conversão. Isso é simples de ser feito, e tudo pode ser configurado a seu modo.