Os reality shows vêm fazendo um enorme sucesso há algum tempo, seja na TV, seja na web. De fato, é tentador acompanhar, em tempo real, situações inusitadas em que pessoas comuns, gente como a gente, precisam encarar desafios mirabolantes.

E acredite se quiser, dá para aprender valiosas lições de marketing assistindo a esses programas. Se você duvida, continue lendo este post!

Falando a linguagem do público

Perceba: a maioria dos reality shows mais populares tem participantes e apresentadores que falam em uma linguagem bem coloquial. Em outras palavras, os realizadores desses programas sabem que, quanto mais se aproximarem da audiência, mais audiência terão.

E o que seria do marketing sem saber falar o que o público quer, de um jeito que ele entende? Se dirigir aos consumidores de uma maneira clara e direta é fundamental para uma campanha atingir o seu objetivo e apelar para a sua emoção, induzindo-o a fechar um negócio. 

Portanto, tanto as campanhas de marketing quanto os reality shows só atingem seu alvo e trazem retornos expressivos se conseguirem dialogar com os seus respectivos públicos. 

A motivação faz a diferença

Assista a qualquer reality show e você vai perceber que um elemento comum a todos é a motivação. Há várias provas que incentivam os participantes a se manterem engajados para que possam cumprir determinadas tarefas e ganhar prêmios.

E o que seria do marketing sem esse lado motivacional? Nem sempre o mercado está em seus melhores dias e, por isso, é preciso buscar novas estratégias para superar as dificuldades, tais como as crises econômicas. Na prática, isso também significa buscar motivação para vencer desafios.

Como um bom participante de um reality show, você, profissional do marketing, precisa de ânimo, criatividade e resiliência para se destacar.

Não existe “fórmula pronta” para o sucesso

Se você começar a assistir a vários reality shows diferentes, perceberá que não há um padrão para os vencedores da competições. Há alguns fatores determinantes, como a perseverança, por exemplo. Mas, em geral, todos os ganhadores possuem características bem distintas.

Com o marketing acontece a mesma coisa: não existe uma fórmula pré-estabelecida. Por exemplo, uma determinada ação pode ter dado muito certo nas mídias sociais, mas nem sempre vai funcionar em outros canais. Da mesma forma, uma promoção que trouxe retorno para seu concorrente nem sempre funcionará em sua loja, para o seu público. É preciso se adequar a cada cenário, pois não existe uma receita de bolo.

Portanto, tente fazer o seu melhor, fazendo benchmarking e aproveitando lições adquiridas anteriormente, mas sem se prender demais a paradigmas que podem até mesmo atrapalhar o desempenho de uma campanha. Como todo bom vencedor de reality shows, seja ousado.

A união faz a força

Em todo reality show há as famosas “panelinhas”, ou seja, aqueles grupos de pessoas que se unem em prol de um interesse comum que, no caso, é ganhar popularidade. Seja combinando votos, seja tomando decisões que fortaleçam o grupo, essa é uma importante estratégia para ter sucesso e chegar até o fim da competição. 

No caso do marketing, é importante fazer parcerias com outras marcas que não sejam concorrentes, mas que forneçam algo complementar ao que você oferece. Isso fará com que ambas as marcas tenham mais alcance. O resultado é que o seu público tenderá a aumentar com essas parcerias.

Fique de olho nas suas “raízes”

Certamente você já viu muitos participantes de reality shows enaltecendo as suas origens, a sua família e amigos, lembrando como começaram, entre outras estratégias que apelam para o emocional do espectador. Isso realmente cativa o público e mostra algo essencial: o total respeito às origens da pessoa.

O que isso tem a ver com marketing? Muito simples. Nada contra apostar em ideias “fora da caixinha” em suas campanhas, porém, é necessário ter humildade e “pé no chão”. É muito importante permanecer fiel ao conceito, à identidade e aos valores da empresa que, em última análise, é o que faz o público se interessar por ela.  Isso fará, entre outras coisas, que a sua marca possa ser longeva e até conquistar gerações posteriores.

Esperamos que tenha gostado das dicas, e lembre-se: todo reality show tem seu fim, mas a sua criatividade no marketing, não! O show da vida real sempre tem que continuar.