Saber mensurar bem os dados e entender cada KPI, ou seja, cada indicador de performance, é essencial para o sucesso de sua estratégia de e-mail marketing. Descubra agora quais são os principais KPIs que você deve considerar em sua campanha de e-mail.

Taxa de entrega

Quando se trata de e-mail marketing, é impossível não pensar na taxa de entrega, o percentual de mensagens que chegaram ao e-mail do destinatário. Muitas vezes, e-mails promocionais vão parar na caixa de spam ou são completamente rejeitados pelos ISPs (os provedores de serviço de internet, como Gmail, Hotmail, Yahoo e outros). A taxa de entrega fornecida pela ferramenta de envio de e-mail, portanto, fornece um indicativo do que foi entregue aos ISPs, mas isso não significa que a sua campanha foi entregue na caixa de entrada do destinatário. Lembre-se que, as políticas anti-spam estão cada vez mais rigorosas. 

Taxa de abertura

A taxa de abertura se refere ao percentual de e-mails abertos pelo cliente em relação ao número de e-mails enviados. Ela pode variar bastante de empresa para empresa mas, em geral, pode-se dizer que uma boa taxa de abertura deve estar acima de 20%. Para melhorar esse indicador, é importante usar títulos chamativos e instigantes para incentivar o destinatário a abrir o e-mail.

Taxa de rejeição

A taxa de rejeição se refere ao percentual de e-mails que foram enviados mas nunca chegaram à caixa de entrada dos destinatários. Ela é, portanto, um indicador da qualidade da base utilizada. Uma taxa de rejeição pode estar alta por algumas razões, como endereços de e-mail inexistentes, servidor inativo ou caixa de entrada lotada. Quando isso acontece, o e-mail retorna ao remetente.

CTR (click through rate)

O CTR se refere à relação entre a quantidade de cliques nos links de um e-mail com a quantidade de destinatários que receberam aquele e-mail. É um indicador importantíssimo, porque indica se seu e-mail marketing está sendo eficaz: se o design está atraente, se não há links quebrados, se os call-to-actions utilizados são apelativos…

Taxa de conversão

A taxa de conversão se refere ao número de destinatários que clicaram em um link disponibilizado no e-mail marketing e executaram a ação pretendida. Essa ação pode ser efetuar uma compra no e-commerce, efetuar a inscrição em um curso, preencher um formulário, baixar um e-book ou um aplicativo… Tudo depende do objetivo daquela campanha de e-mail.

Ou seja, a taxa de conversão é fundamental para analisar o desempenho de uma campanha e descobrir se ela está ou não cumprindo seu objetivo. 

Descadastro da base de e-mails (opt-out)

A taxa de descadastro corresponde à quantidade de pessoas que optaram por anular a inscrição na base de e-mails, por motivos variados. Muitas ferramentas oferecem uma pesquisa após o descadastro. É muito importante acompanhar essa métrica para saber se a comunicação está alinhada às expectativas de seus clientes, se a frequência de e-mails enviados está muito alta, entre outros insights.

Taxa de crescimento da base (opt-in)

Esse indicador analisa o crescimento da base de e-mails, subtraindo os leads que cancelaram a inscrição. Ela é importante pois ajuda a avaliar se a abordagem para captar o e-mail do destinatário está sendo efetiva e se o conteúdo está sendo relevante. Segundo o HubSpot, é normal que a base diminua cerca de 22,5% anualmente. É fato que o objetivo sempre é aumentar a base, mas saiba que o mais importante é ter uma base engajada. 

ROI

Por último, mas não menos importante, não poderia faltar um dos indicadores mais relevantes para o marketing digital: o ROI. Esse indicador se refere ao retorno financeiro obtido em relação à verba investida na campanha de e-mail, e é fundamental para saber se suas campanhas estão sendo eficientes e, de fato, gerando lucro.