Acredito que todos saibam o que é um blog, mas não custa nada reforçar, não é? Blog, como nós conhecemos, é um site onde as páginas e atualizações são organizadas cronologicamente. Dizem que o primeiro ou um dos primeiros blogs foi criado por Jom Barger por volta de 1997. Aqui no Brasil, em 1997 a Internet ainda estava nascendo. Os blogs começaram a se tornar populares por volta de 2001 e 2002. Hoje vivemos a febre dos youtubers, mas já houve um tempo em que a febre era dos blogueiros. 

Normalmente quem escreve em um blog é um bloqueiro e a blogosfera é o termo usado para a rede de blogs vista como uma comunidade ou rede social. Mas por que usar o que muitos acreditam que é só um diário como uma ferramenta de marketing? É justamente essa pergunta que eu vou tentar responder.

Os blogs são muito úteis como ferramenta de marketing pessoal, mas também podem servir como ótimas ferramentas corporativas para melhorar a comunicação de sua empresa com os seus clientes. Eles podem ser ainda usados como forma de atualização profissional e também ajudam a fixar a marca de seu negócio. Ou seja, eles funcionam como estratégia de conteúdo para a sua empresa. 

A Internet hoje se inseriu completamente nos processos das empresas e além disso, o blog nos proporciona um poder de comunicação bidirecional e instantâneo. Uma das grandes vantagens que o blog pode oferecer é a sensação de intimidade com a empresa, produto / serviço ou com a marca.

Quando pensamos em blogs para negócios, podemos aplicá-lo das seguintes formas:

– Comunicação de marketing

– Relações públicas

– Gestão de relacionamento com o cliente

– Suporte ao cliente

– Gestão do conhecimento

– Gerência de projetos

Ainda podemos ter blogs que sejam um mixe de dois ou três desses tipos citados acima. Veja agora algumas etapas para criar um blog:

– Conceitualização do blog

Este é o momento onde a gente se preocupa com o custo, a tecnologia envolvida, o tipo de blog, o assunto que será tratado (marketing, Internet, TI, Design) e o escritor, ou seja, quem será o blogueiro?

– Criação e desenvolvimento do blog

Aqui precisamos determinar a política de uso, manuais para quem vai escrever no blog, quais as ferramentas serão usadas (blogger, wordpress ou alguma paga?), qual será o endereço web e as configurações necessárias.

– Produção do blog

Etapa em que o projeto é implementado baseado nas etapas anteriores (conceitualização e criação).

– Avaliação do desempenho

Não são só os e-mail marketings que precisam de métricas e análises de mensuração dos resultados. Se um blog é usado como uma estratégia de marketing, precisaremos saber se esta ação foi bem implementada, ou seja, precisamos saber quais as métricas serão avaliadas para determinar se o uso de um blog em uma ação de marketing foi um sucesso.

Para criar um blog, não é necessário ser um programador, e existem vários e ótimos serviços que oferecem blogs completos. Mas caso você não tenha conhecimentos técnicos e deseja ter um blog personalizado, provavelmente vai precisar de um programador para cuidar do lado do servidor e um designer para o lado do cliente.

Como ganhar dinheiro com blogs?

Existem várias formas e nem eu mesmo conheço todas, mas vou colocar aqui as formas que conheço e já usei.

– AdSense

Você pode usar os links patrocinados do google para ganhar dinheiro em seu blog, basta se cadastrar no Google AdSense e alocar espaços em seu blog para propaganda do google. Quando um visitante clicar no anúncio do google, você recebe uma parte do dinheiro.

– Review ou Post Patrocinada

Você também pode escrever posts que estejam sendo patrocinados pelas empresas donas do produto ou de marcas. Cabe lembrar que você deve ter bom senso sempre, pois se seu blog é sobre nutrição, você não pode, ou melhor, não deveria fazer propaganda de um refrigerante light que use aspartame. O ideal é sempre informar que o post que está sendo pago, é publicidade. Você pode escrever com uma cor diferente em destaque antes do início do artigo que seu post é uma propaganda paga. Existem até empresas que oferecem o serviço só de criação de blogs. A cauda longa explica bem esse fenômeno de nicho de mercado e quem não conhece esse termo (Long Tail) ainda, seria bom pesquisar no google.