Usar o Google Adsense como forma de monetizar blogs ou sites pessoais já não é novidade para ninguém. O que talvez você não saiba é que também é possível usar o Adsense para monetizar o seu e-commerce e, assim, ter uma fonte de renda extra.

Se surpreendeu com essa informação e quer saber como funciona? Então continue a ler esse post que a gente te explica tudo!

O Google Adsense é a ferramenta do Google que exibe anúncios patrocinados para o usuário com base em palavras-chave e em seu comportamento de navegação. Ele pode funcionar em qualquer tipo de site, inclusive em lojas virtuais, e os anúncios podem ser configurados para aparecer em qualquer parte do e-commerce, desde a Home até a página de conversão, aquela carregada depois que o cliente efetuou seu pedido. Nesse caso, o programador insere o código do Adsense diretamente na página de conversão, permitindo que ela seja monetizada.

A partir daí, será possível a exibição de anúncios de outras empresas relacionados aos interesses dos seus clientes após ele ter efetuado uma compra em seu e-commerce, e você recebe uma porcentagem quando esse cliente faz uma compra no site exibido através do seu link. Dessa maneira, você pode ganhar duas vezes: o valor da compra que o cliente fez em seu site e a comissão do Adsense.

Se você está pensando que pode ser um tiro no pé utilizar o Adsense em seu site, porque pode aparecer um anúncio da concorrência e “roubar” sua venda, fique tranquilo: é possível configurar que tipos de anúncios serão exibidos, e bloquear os indesejáveis como, por exemplo, os anúncios de seus concorrentes. Assim, você não corre risco de que os anúncios exibidos em sua página entrem em conflito com seus produtos.

3 dicas rápidas para ter sucesso na hora de utilizar o Adsense em seu e-commerce:

  •  Aposte numa interface amigável para o seu usuário. Sua página precisa ser clara e fácil de navegar, e os anúncios do Adsense não podem “se confundir” com os itens de seu próprio site. Eles precisam estar bem distribuídos, ao invés de espalhados desordenadamente em todos os cantos do site. O melhor é ter um espaço estratégico delimitado para a exibição de anúncios do Adsense. Invista no UX para saber qual é o melhor local para isso.
  • Tenha certeza de que seu site carrega rápido, sem travamentos e telas de “loading” infinitas. Isso aumenta a chance de que o usuário, de fato, visualize o anúncio, ao invés de simplesmente fechar a página.
  • Aposte na força do mobile e utilize em seu site dois tipos de anúncios disponibilizados pelo Google especificamente para dispositivos móveis: os page-level ads. Esses  anúncios podem trazer lucros maiores a quem usa, pois foram desenhados para funcionar perfeitamente no celular ou tablet. São dois tipos de page-level ads: os Anchor ads, anúncios de sobreposição que ficam fixos na borda da tela do usuário, e os Vignette ads, anúncios em tela cheia que são exibidos entre os carregamentos de páginas. Os dois são fáceis de configurar e podem ser uma boa ideia

E você, já usa o Google Adsense para monetizar seu e-commerce?